terça-feira, 2 de dezembro de 2008

_alegria.


alegria: preste atenção, não se vá, ainda é tão cedo. largarás um bom filme no meio, como uma canção sem refrão. um crime praticado, um delito, você foge, sai correndo, sem ao menos receber o perdão. Vem, chega mais perto, não tenha medo que nesse peito ainda bate forte um coração. Vem, chega mais perto, não tenha medo que nesse peito ainda bate forte um coração. Vem, chega mais perto, não tenha medo que nesse peito ainda bate forte um coração. me dissestes, que na tua rua, tem uma quermesse, toda sexta-feira. Se isso for uma proposta, conte com a minha presença. é que na alegria, sou o primeiro da fila. :alegria._moan


4 comentários:

André Valença disse...

curioso como esse texto vem me incentivando a ir um pouco mais no que venho fazendo... depois que o li, estou um pouco mais consciente e atencioso ao ler, ver ou assistir algo... alegria!

jasoncarreiro disse...

Rapá, tou republicando essa belezura de post lá no ORDEM NATURAL.

Tudo citadinho, claro!

Caso não permita, me diga que tiro lá.

Abraço, camará!

Passarelas e Vitrines Urbanas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Passarelas e Vitrines Urbanas disse...

Ei Rogério, seus textos são muito interessantes e as imagens muito sensíveis e conceitualíssimas!
Fiz um Tx. no Passarelas Urbanas, depois vc passa lá para lê-lo e me contar o que achou!
Abraços!